Os perigos dos sushis

Os sushis e sashimis despertam água na boca em muitos. E seu consumo é indicado pelo alto teor de proteínas e outros nutrientes essenciais. No entanto, nossa engenheira de alimentos Angela Busnello explica que é preciso cuidados na hora de consumí-los e prepará-los. Sushis e sashimis exigem um padrão mais elevado de produção higiênica, assim como todos os alimentos crus (porque o processo de
cozimento elimina bactérias causadoras de intoxicação alimentar e seus parasitas). Algumas pessoas devem evitar o consumo de peixe cru por serem mais suscetíveis à doenças. E, quem trabalha na elaboração deles, deve seguir algumas regras para reduzir o risco de contaminação. Por exemplo:
– Os ingredientes devem ser de boa qualidade, de fornecedores aprovados por órgãos regulamentadores;
– Para matar qualquer parasita ou larvas presentes, todos os peixes crus devem ser congelados antes do uso, para que atinjam -20 ° C (ou mais frio ainda) durante 24 horas;
– Após descongelamento, o peixe fresco deve ser armazenado até no máximo 4°C.
#dicas #sushis #Qualitat
Fale com a Qualitat, especialista em gestão de qualidade de alimentos e saiba mais dicas.